Skip to content

Sociedade Indigena

Sociedade Indígena
Organizados em pequenas comunidades ou tribos, com culturas diferentes, viviam da caça, da pesca e da coleta de produtos da floresta . Tendo desenvolvido técnicas para o cultivo de milho, feijão, abóbora, batata, mandioca, abacaxi.Tendo, também domesticado vários animais . A divisão das tarefas diárias era feita tendo como critérios básicos sexo e idade, todos ajudavam. O conhecimento, as práticas, história, religião e tradição dos rituais ligados ou não a religião eram transmitidos de geração para geração por via oral.
Os chefes das tribos eram os mais velhos, e eram eles que resolviam os problemas relacionados a doença,morte, desavenças familiares, atritos entre as tribos vizinhas, guerras e paz. Cada tribo tem seu jeito de viver, de morrer, de fazer sua casa, organizar a aldeia e de governa-la. A terra não era considerada bem privado e sim um patrimônio coletivo, ninguém precisa comprar, não era preciso fazer demarcação.
Tudo era dividido igualmente e conforme a necessidade sem ostentação, futilidade e, portanto, sem desigualdade.
O extermínio dos povos indígenas durante todos estes séculos é inaceitável. Em mil e quinhentos eram 80 milhões falando 2 mil línguas diferentes, só nos primeiros cem anos 70 milhões foram destruídos por colonização européia pelos dados de Tzevetan Todorov.
Foi o maior genocídio da história onde foram utilizadas algumas táticas ainda comuns nos dias de hoje: epidemias, fome, deslocamentos, confinamentos, guerras e trabalhos forçados.
No Brasil eram cerca de 3,5 milhões na época da conquista, hoje 206 povos. Dados do IBGE de 1995 mostrou a existência de 30 mil índios desaldeados, vivendo nas cidades e periferias da capital. De acordo com Darcy Ribeiro, 55 povos desapareceram na primeira metade deste século.
Tratados como selvagens, os índios são assassinados, explorados, enganados e perseguidos. Está é a violência de um país que não aceita que pessoas vivam com costumes e culturas diferenciados num mesmo país. O Estado Brasileiro resiste em pagar sua dívida com a população originária, devolvendo seus territórios roubados.
Hoje a expectativa de vida dos índios é de 42,6 anos, em média. E a do não índio, 67 anos, mas existem regiões onde os índios vivem apenas 24,5 anos. Só que dados mostram que eles resistem, e de 220 mil passaram para 300 mil.

Visite: http://www.geocities.com/indiosbrasil

Sites que nos dão uma visão geral da língua, dos costumes e do povo indígena que falava e ainda falam a língua tupi.

http://www.obrasil.com/tupi/

http://www.geocities.com/lincoln_tupi/

http://www.sil.org/americas/brasil/INDGLANG/PORTTUPI.HTM

http://www.pegue.com/indio